quinta-feira, 16 de maio de 2013

FALE-ME DE MIM!


Foi bom ficar tanto tempo
Sem cruzar o seu caminho!
Foi bom por muito tempo
Você, de mim, nada saber!
Mas, agora que te encontrei,
Fale-me de mim!

Conte-me sobre como eu fui,
Os lugares onde eu andava,
As pessoas com quem saia!
Deve ter uma boa história!
Busque na sua memória!
Fale-me de mim!

Será que eu reconhecerei,
Nesses fatos da sua fala,
Algo até parecido comigo,
Com esse que me tornei?
Você que tanto me conheceu,
Fale-me de mim!

Conte-me coisas da juventude,
Sobre as nossas conversas...
Quais eram minhas atitudes?
Já fui prenúncio do que sou?
Sabes onde foi que tudo mudou?
Fale-me de mim!

Não poupe sequer um detalhe!
Se foi bom, me fale sorrindo!
Se não foi, até me avacalhe!
Só não me negue esse favor,
Agora, que estou perto do fim, 
Fale-me de mim!

Um comentário:

Maria disse...

Lindo!!!!!!!!Parabéns!!!!Poeta!!!