sexta-feira, 22 de julho de 2011

SONETO Nº 45

Em que ponto perdeu-se o rumo da vida?
Escorregaram pelas sarjetas desses anos,
Ou as grades do tempo prenderam meus planos?
De onde veio tal tristeza incontida?

Quais sentimentos causaram tantos danos?
De onde surgiu esta solidão sofrida?
Por que a alegria foi-me proibida?
Quem há de responder esses meus desenganos?

Não atendo a quem à minha porta bate.
Também deixei de abrir qualquer janela.
Nessa casa não entrará quem me maltrate.

A mim, o que resta, é viver nessa cela
Em que o tempo de pena não há quem date.
Eu, a solidão e esta saudade dela!

8 comentários:

Lilaks disse...

Oh meu amor... qta dor...
Me identifico um pouco!
Por outro lado, o final,
não deveria estar no plural?
(hehehe...)

Julie disse...

Muito bonito este soneto.

Bia Rossetti disse...

realmente muito, muito, muito bonito!

Nathy Costa disse...

penso na madrugada,porque enquanto os outros dormem, bocas se silenciam,palavras nao sao ditas e assim,meus pensamentos falam,cantam, se embaralham com as vozes minhas,com com cantos meus, as melodias saem da minha cabeça e batem nas paredes de uma casa fria,as palavras da minha boca sao mudas, ja as palavras da minha mente dizem tanta coisa, coisas inteiras, meias coisas, coisas de um dia, coisas de uma vida inteira.
A madrugada me desperta um coracao agitado, querendo viver, querendo bater.. ele nao quer dormir, quer descompassar as 3 horas da manha.
porque nao durmo como os outros.........
talves nao seja como os outros
talves nao seja desse mundo
antes queria ser parecido com os outros
haaaaaa , mas descobri que eu sou só aqui e achei gostoso ser uma coisa que ninguem é!
eu sou aquela que nao dorme, que corre pela madrugada e que chora com sua partida, sou aquela que ouve vozes na escuridao e elas acendem as lamparinas de um proximo dia nada claro.
quem disse que de noite a trevas...
de noite a espaço
de noite a tempo
de noite a gente para pra pensar.

mika disse...

hi :) ,your blog and pictures are so beautiful
i hope you can visit me at:http://photostricks.blogspot.com

MLT disse...

muito bom mesmo parabéns eu também escrevo poesias se quiser dar uma lida meu blog é http://verdadepoetica.blogspot.com/
vlw

Verânia Aguiar disse...

gostei sim :)

Luís Freitas disse...

Triste e bonito, muito bem!