sexta-feira, 25 de junho de 2010

OLHAR POETA

Aquele que encontra, na poesia escrita por outro, a beleza bordada na trama das palavras, é tão poeta quanto aquele que a escreveu!

terça-feira, 8 de junho de 2010

MINHA FÉ!

O amor é minha religião. A música é a minha maneira de rezar. E o Deus que eu acredito, está sempre sorrindo para mim!

Love is my religion. Music is my way of praying. And the God I believe, is always smiling at me!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

A LOUCA

Ela caminha torpe, na corda bamba,
Esticada sobre o abismo da afrenia.
E grita, e aponta, e acusa, e chora...

Balança desequilibrada, sem fiel...
Ela é infiel a si mesma, à tal ética
Que pregava firme aos ventos...

E corre aqui e ali, e vai, e vem...
O mundo todo é culpado disso
Que nem ela mesma sabe o que.

E faz, do teatro, um circo vazio,
Onde, como se fora, cada ser,
Um palhaço, espelho de si...

E brada rancor, ódio, fúria...

E clama por vingança vã...
E acorda no seu mundo vazio.

Depois, volta ao antes...
E antes de depois, cai.
Pra nunca mais levantar.

URUBU DE JORNAL

O filho de fulana foi preso...
A mãe de sicrano morreu...

Acharam um corpo no lixão...


E você logo corre,

E depressa noticia

Em primeira mão!


Depois, você volta a falar

Em nem sei quantas facadas,

Ou quantos corpos nas estradas...


Pouco lhe importa o nome.

O importante é contar logo,

Se a tal tragédia for fatal!


E eu só queria saber

Se é idiotia ou prazer

O que lhe move a tal!