quarta-feira, 5 de maio de 2010

LEMBRANÇA (MÁRCIA ALMEIDA)


A estrada de Bom Jardim
Era sol, cor e alegria
Quando eu por ali passava
Com meu pai, meu grande amigo
A caminho da usina,
Pra ver fazer-se o açúcar
E feliz trazer pra casa
Pedaços de rapadura.
E o jardim de Bom Jardim
Era o mais lindo do mundo
Naquele tempo, pra mim.
A estrada de Bom Jardim
Tornou-se caminho da lida,
Tornou-se cotidiana,
E o sol ainda esta lá.
O jardim não é tão belo,
E as flores são meus amigos
São gente que conheci.
Bom Jardim no meu passado,
E hoje no meu presente:
A estrada é minha sina.
Meio-amarga, faz lembrar
Do meu professor da vida,
Que se foi, mas permanece
Na lembrança, e às vezes sonho
Que lá estamos na usina
E tudo é pura alegria,
Tudo é vida,
E continuo.

Conheça a autora em

http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=9738012589616944871

Nenhum comentário: