quinta-feira, 11 de março de 2010

FRAGMENTO

Quão tolo fui eu,
Que não percebi!

Caquinho...

Um pedacinho...
Quebrado de mim!


Nenhum comentário: