domingo, 14 de fevereiro de 2010

REI

Que rei sou eu?
Sem súditos, sem reino, sem trono e sem rainha?
Que rei sou eu?
Sem coroa, sem castelo, sem exército e sem corte?
Que rei sou eu?
Sem anel, sem selo, sem brasão e sem tratados?
Que rei sou eu?
Sem cetro, sem bobo, sem manto e sem conquista?

Que rei eu sou?

O soberano de lugar nenhum, que nada comanda?
Que rei eu sou?
O derradeiro herdeiro de um império inexistente?
Que rei eu sou?
O senhor absoluto de absolutamente nada?
Que rei eu sou?
O comandante sem liderados e sem guerra?

Eu sou que rei?
O de um tabuleiro vazio?
Eu sou que rei?
O de um carnaval em luto?
Eu sou que rei?
O de um baralho sem naipes?

Eu sou que rei?
O mago sem estrela guia?

Que rei sou eu?
Que rei eu sou?
Eu sou que rei?

Nem eu sei!

Nenhum comentário: