quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

SUBLIMEI

Esperançava...
Desesperei.

Cria...
Descreditei.

Versava...
Estanquei.

Apetecia...
Descomprouvei.

Apurava...
Abandalhei.


Amei...
Amo e para sempre amarei!


Um comentário:

HNETO disse...

E que viva
a poesia.