quarta-feira, 30 de setembro de 2009

SUFICIENTE

Em alguns momentos, me bastavam um sorriso e um “eu te amo” sincero, espontâneo e desinteressado!

Um comentário:

Elainesartori disse...

Seria realmente o suficiente.
Adorei o texto.
Beijos.
Elaine Colonhezi.