quarta-feira, 15 de outubro de 2008

AMARÍLIS

De que lugar brota esse ciúme infundado?

Sabes: o que por ti sinto jorra em aguaça.

Nesta questão não há nem sequer busílis!


Teu lugar em meu peito está bem guardado.

Como guardarei em segredo a vossa graça,

Chamar-te-ei então, tão somente, Amarílis!

4 comentários:

Helô disse...

Meu querido maninho,como diz o ditado :"quem não chora não mama ".
Precisei chorar para ganhar uma homenagem aqui rsrs.Mas não vou ser injusta.Já recebi muita demostração de carinho sua.Só queria uma no seu blog.
Saiba que gostei muito e vou guardar com muito carinho .
Beijão meu irmão!

Chan. disse...

O ciúme é sempre fundado.

Thais Amaryl? disse...

Parabéns pela poesia e pela foto escolhida...Eu me chamo Amarylís por causa da flor e adoro a mesma.

Régis Calheira disse...

Valladares sempre se superando... quando crescer, quero ter um blog assim. rsrsrs

Te amo, irmão !