quarta-feira, 15 de outubro de 2008

AMARÍLIS

De que lugar brota esse ciúme infundado?

Sabes: o que por ti sinto jorra em aguaça.

Nesta questão não há nem sequer busílis!


Teu lugar em meu peito está bem guardado.

Como guardarei em segredo a vossa graça,

Chamar-te-ei então, tão somente, Amarílis!

terça-feira, 14 de outubro de 2008

CARMELA CARMIM

Impossível decidir onde mergulhar!


O que mais instiga, provoca, paralisa, atrai?


O carmim dos lábios ou a profundeza do olhar?