quinta-feira, 8 de maio de 2008

MOLEQUE DE RECADO (RAIMUNDO SODRÉ / MARCELO MACHADO)

Quem quiser gostar de mim
Vai ter que me aturar
Sem mais nem menos assim como eu sou
Tintim por tintim
Me mudar pra agradar senhor ninguém
É que eu não vou
Eu sou assim, assim sou feito
Assim serei até o fim
Quem não gostar que dê seu jeito
Eis aqui a minha lei
Eis aqui a minha bandeira
Antes de mais nada, acima de tudo
A verdade verdadeira
Que eu não sei chupar limão
Sem fazer careta
Que eu não sei dizer que é branca
Essa coisa que eu vejo preta
Eu não sou de abrir mão
Quando eu canto, não minto
Eu só canto o que sinto
Sou moleque de recado do meu coração...

Nenhum comentário: