terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

PACIFICADORA




Na trincheira onde eu,
Sem eira nem beira,
Guerreava em vão
Contra o desconhecido
E cruel inimigo
Por muitos conhecido
Como sendo eu,
Só havia o fétido odor
Da dor de não saber
Como estancar as feridas,
Como retomar a vida,
Como retornar pra lá,
Para onde eu já esquecera
O caminho de voltar.
E entre o vencido soldado
E o derrotado guerreiro,
Encontro, jogado,
Um sinalizador.
(Sinalizo a minha aos céus).
Véus de fumaça deram lugar
A um clarão absoluto.
E agora já não mais luto
Contra mim mesmo.
Não vivo mais a esmo.
No clarão do fósforo branco,
Brando e encantador
(E a minha foi encantada)
Surgiu, em meio ao breu,
O mais lindo de todos
Os sorrisos que já vi.
Vi o sorriso seu!
Hoje me entrincheiro
Nos seus braços;
Você sorri pra mim
E pacifica a dor!

Um comentário:

Alessandra disse...

Estou aqui no seu blog, recém-chegada diretamente do blog do seu compadre Régis Calheira e com a recomendação pessoal dele, por esctito, no meu orkut.
Marquinho , o Régis é meu amigo do orkut e citou o seu nome, quando estava me agradecendo os comentários que realizei no blog dele.
Estou impressionada com a quantidade de textos e poesias aqui publicados. Parabéns.
Tenho certeza de que vou passar muitas "horas" , muitos "dias" por aqui absorvendo essas palavras, a julgar pela leitura que fiz do seu poema "PACIFICADORA".
Eu me senti inspirada a retomar as minhas poesias!
Faz muitos anos que eu escrevo poesias e que... por circunstâncias da vida, abandonei tudo, displicentemente.
"PACIFICADORA" traduz exatamente o que se passa no meu coração nesse momento e por isso, eu tinha que registrar aqui o meu comentário e agradecimento. Estou emocionada.
O sorriso!!!!! Um sorriso especial, salvador, isso fez toda a diferença para mim! Foi um marco (e agora não posso deixar de rir pois seu nome combina com o meu marco pessoal (o sorriso que recebi) Imagino que seu nome seja Marcos)
Vou te escrever um e-mail oportunamente, mas, desde já quero te felicitar e dizer que "PACIFICADORA" veio de encontro a minha emoção e transbordou num maravilhoso SORRISO.
Obrigada