sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

DOZENAS DE MOTIVOS PARA NÃO SER



Dos doze trabalhos de que tanto falam,
Na verdade somente cinco foram meus.
Os restantes são sete mentiras tolas;
Meros caprichos de Zeus.

Tal como os meses do ano são doze,
São cinco os sentidos que se permite.
São sete os nossos pecados capitais.
E quem admite?

Nos sete dias da semana me perco
Pelos cinco buracos da cabeça vã.
E nos doze signos do zodíaco
Busco a esperança de não ser herói.

Nenhum comentário: